11.3.09

Uma 'grega' na yoga (parte II)

Postado por Alexandra Oliveira |

Hoje estávamos trabalhando o equilíbrio, e a professora falou que equilíbrio não é um ponto entre duas forças, mas uma ausência de forças conflitantes. Quando ela estava falando nisso, veio à minha cabeça Hermes entre Dionísio e Apolo. Eles não são opostos que precisem do deus mensageiro no meio para amenizar nada. Eles se completam.

Em nenhum momento do tema "equilíbrio" eu pensei em justiça ou balança ou Têmis, mas sim fiquei pensando em Hermes, o qual veio, voando até parar flutuando, pouco vestido, e envolto em faixas brancas esvoaçantes. Puxou-me então pela cintura, me carregando de costas para Ele.

Mais tarde, ela nos fez ter uma visualização com um beija-flor. Achei isso interessante, porque para mim o beija-flor estava associado a Hermes também, mas eu não tinha certeza. Então fui pesquisar e descobri que os incas honravam o beija-flor como pertencente ao deus Q'enti, que tem muitas semelhanças com Hermes, por ser um mensageiro do mundo superior e ser respeitado por sua velocidade e precisão.

Ao procurar uma imagem de Hermes, encontrei uma parecida com a preparação para um dos ásanas que fizemos. Ainda não achei foto da postura para comparar, mas já imaginem aí pela figura...

2 comentários:

Luciana Onofre disse...

Essa é a imagem que compraste no Marcus Center?

Espartana disse...

Não, quem dera, essa achei na net. =*

Postar um comentário

Subscribe