22.6.09

Aos gêmeos divinos

Postado por Alexandra Oliveira |

Senhora das feras, amiga das ursas; arma meu arco como o teu crescente para que eu atire longe todo o pesar e temor. E, caso minha mira falhe, escorre tua saliva em direção às minhas feridas e cura-me em tuas peles de cor açafrão. Depois dilui-me no verde de tuas matas e torna-me mais um elemento no séquito dos seres que te dirigem todo o amor e devoção.

Luz dourada da lira, belo pastor de profecias; ilumina meus olhos para a verdade de teus oráculos. Que com o sol eu possa renascer a cada dia e refazer meu caminho seguindo a harmonia das esferas. Tu que és o 'mais grego dos deuses', enche minha vida de música, equilíbrio, pureza e perfeição.

'Ésto' (Assim seja)!

Álex

3 comentários:

CHRISTINA MONTENEGRO disse...

Lindo!
BJS!

allanmurrough disse...

Que coisa linda!
Os irmãos com certeza amaram o seu poema!
EU AMEI!
Beijão maninha!!

Jota Olliveira disse...

Lindo cara!!!

Postar um comentário

Subscribe